Suspensão do processo eleitoral – posição da ECT

Eleição do CA — Por força de liminar expedida pelo Tribunal Regional do Trabalho – 10ª Região, de Brasília, está suspenso, até decisão em contrário, o 2° turno da eleição para o representante dos empregados no Conselho de Administração da empresa. Esta etapa do processo eleitoral seria realizada no período de 7 a 15 de janeiro.

Apesar de a Fentect ter participado de toda a elaboração do edital da eleição, bem como da sua realização no 1º turno, sempre em comissão paritária, ou seja, comissão formada por representantes da ECT e da federação, a própria Fentect entrou com a ação contra o processo eleitoral. Os Correios, em nome de todos os trabalhadores, lamentam a posição da Fentect de tentar impugnar o processo de eleição de um trabalhador para o Conselho de Administração da ECT. Com esta atitude, a federação interrompe o processo eleitoral, enquanto outras estatais já elegeram há algum tempo os seus representantes nos respectivos Conselhos.

O pleito foi amplamente divulgado nos canais de comunicação interna da empresa, onde todos os empregados tiveram a oportunidade de exercer o seu direito democrático do voto.

Os Correios não medirão esforços para eleger o representante dos empregados no Conselho de Administração, com a lisura e transparência que o processo exige, contando sempre com a participação dos trabalhadores. A empresa vai recorrer da decisão, e continuará divulgando as informações sobre o processo.

(Primeira Hora, 04/01/2013)

Deixar comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *