Posts Recentes

Conhecimento, Coragem e Determinação.

Para atuar bem no Conselho de Administração, nosso representante deverá ter conhecimento, ideias sólidas e coragem para defendê-las.

Ao longo da campanha, a chapa nº 3 tem apresentado seu posicionamento de forma clara e transparente, assim como respondido prontamente as diversas indagações e questionamentos recebidos. Fazemos isso porque pensamos que um candidato deve oferecer aos eleitores toda informação possível para permitir sua escolha e acreditamos firmemente em cada proposição apresentada por nossa chapa.

No Conselho de Administração, buscaremos uma atuação significativa, que não se limite a uma voz isolada de protesto, mas sim que leve efetivamente os demais membros a decidirem considerando também as nossas perspectivas e experiências.  Com a mesma coragem e transparência que encaramos a campanha também lidaremos com nossos pares no Conselho.

Para você, colega e eleitor, fica então o nosso compromisso de valorizar a missão que nos será confiada a partir do encerramento do segundo turno das eleições, com coragem e determinação.

No Conselho de Administração, vamos juntos  FAZER ACONTECER !

saiba mais

Como apoiar a chapa nº 3 no segundo turno

Muitos colegas nos têm perguntado a respeito das formas que podem ser utilizadas para nos apoiar neste segundo turno das eleições ao Conselho de Administração da Empresa.

Além de nos distinguir com seu voto no 2º turno das eleições, que ocorrerá de 01 a 15 de maio, os colegas podem:

1) observar e esclarecer aos demais colegas que se trata do 2º turno das eleições para o Conselho de Administração da Empresa, uma nova votação na qual concorrem apenasduas chapas, sendo uma delas a chapa nº 3 – UNIÃO PARA FAZER ACONTECER;

2) estimular os colegas a participar da votação, para que o resultado da eleição espelhe efetivamente a vontade da maioria;

3) divulgar nossa chapa, nossas ideias e propostas para seus colegas, observando que, por decisão da Comissão Eleitoral, há vedação quanto ao uso do e-mail corporativo (…@correios.com.br) para enviar mensagens alusivas à campanha;

4) divulgar nosso blog – http://www.parafazeracontecer.com.br/blog;

5) curtir divulgar nossa página no Facebook – http://www.facebook.com/parafazeracontecer;

6) informar-nos os endereços eletrônicos de outros colegas que não possuem endereço eletrônico corporativo (…@correios.com.br ) e que possam receber nossas comunicações por e-mail;

7) enviar-nos sugestões e críticas sobre a campanha;

8) deixar seu comentário em nosso blog;

9) durante o período de votação, ajudar a fiscalizar o desenvolvimento das eleições, reunindo provas e apresentando denúncias em caso de práticas irregulares.

– DÚVIDAS E SUGESTÕES
Caso você tenha alguma dúvida adicional ou queira enviar sugestões à chapa nº 3, pode manter contato por meio do Fale Conosco do blog, emhttp://parafazeracontecer.com.br/blog .

JUNTOS, vamos FAZER ACONTECER!

saiba mais

O desafio do conselheiro eleito pelos empregados

O Conselho de Administração da Empresa é composto por sete membros, incluindo atualmente o Ministro das Comunicações, o Presidente da ECT, um membro indicado pelo Ministério do Planejamento e três outros membros indicados peloMinistro das Comunicações.

O novo membro, eleito pelos empregados, terá pela frente o desafio de ajudar os demais membros do Conselho a decidirem levando em conta a cultura, os valores e as expectativas dos empregados, sempre em prol do desenvolvimento da Empresa. Para isto, ele precisará conhecer em profundidade a Empresa, estar a par de seus principais problemas e das necessidades mais emergentes, pois só assim poderá fazer valer suas opiniões e influir no estabelecimento de prioridades e metas.

A experiência e o conhecimento acumulados em suas vidas profissionais pelos integrantes da chapa nº 3 serão fundamentais para o desempenho desse importante papel. Assim, ao escolher a chapa nº 3 neste segundo turno, você estará optando por ter no Conselho uma representação preparada para atuar firme desde o primeiro dia de trabalho e fazer valer seu posicionamento.  

Neste segundo turno, faça a melhor escolha: 

chapa nº 3, para FAZER ACONTECER ! 

Votações no período de 1º a 15 de maio.

– Visite o BLOGhttp://parafazeracontecer.com.br/blog

– Curta a página no Facebookhttp://facebook.com/parafazeracontecer

– Envie sua mensagem para a chapa: fazeracontecer@assistente.com.br

saiba mais

Retomada do processo eleitoral – comunicação da Comissão

28/03/2012

Caros Candidatos ao Conselho de Administração da ECT,

Realização do Segundo Turno

A Comissão Eleitoral no uso de suas atribuições definidas no Regulamento Eleitoral e no Edital de Convocação da eleição, informa aos candidatos Marcos César Alves Silva da Chapa “União para Fazer Acontecer” e o candidato Luiz Carlos Machado Vargas da Chapa “Atuação Sindical” que será realizado o segundo turno das eleições para o Conselho de Administração da ECT, conforme definido no edital.

A retomada do processo eleitoral com vistas a escolha do representante dos empregados junto ao Conselho de Administração da ECT, foi viabilizada face à suspensão da tutela concedida de forma antecipada pela Juiza da 10ª Vara do TRT – Tribunal Regional do Trabalho.

Informamos que a partir de 01 de abril estará liberado para o inicio da campanha em segundo turno que se estenderá até o ultimo dia de votação em 15/05. Durante esse período os candidatos, titular e suplente, poderão ficar liberados de suas atividades laborais durante o período de campanha, bastando a Comunicação a por escrito ou por e-mail a Subcomissão de sua DR. O período de votação será de 01 a 15/05.

Maiores detalhes em relação ao Cronograma eleitoral e as regras da campanha em segundo turno será divulgado em breve no HOTSITE da eleição.

 João Avancini

Coordenador Comissão Eleitoral Nacional

Telefone 61 3426 1185

saiba mais

Despacho do TRT – 25/03/2013 – Proc.2183/2012, 10ª vara

A reclamada, às fls. 94/108, formula pedido de reconsideração da decisão incidental proferida em plantão judicial, dia 29/12/2012, que deferiu a antecipação dos efeitos da tutela, fls. 89/91, para suspender o processo de eleição dos representantes dos trabalhadores no Conselho de Administração da ré.Argumenta a reclamada a lisura do processo eleitoral eletrônico, além de apontar para os inúmeros prejuízos aos empregados da ré, “que deixarão de tomar parte de decisões importantes na condução dos negócios da Empresa, definição das diretrizes e objetivos corporativos, e monitoramento dos resultados”, fl. 106.A antecipação concedida foi processualmente oportuna, pois objetivava garantir a participação dos trabalhadores no processo de escolha de seus representantes no Conselho.Em audiência realizada no dia 19/03/2013, restou evidenciado que a autora apenas por seu Secretário articula a presente ação, enquanto a entidade federativa autora, por seus demais membros, compõe a Comissão Eleitoral, não havendo, ainda, qualquer impugnação dos candidatos.Ademais, a ré, para demonstrar a transparência do processo eleitoral, propôs que a autora ou o Juízo indicasse um perito para acompanhamento do pleito, o que não foi aceito pela autora.A eficácia da Lei 12.353/2010 está comprometida pela falta de representante dos trabalhadores no Conselho de Administração da ré. O procedimento eleitoral foi estabelecido pela Portaria 26/2011 do Ministério do Planejamento, Gestão e Orçamento, que impõe o meio eletrônico.Imprescindíveis para a concessão da antecipação de tutela são o convencimento do Juiz acerca da verossimilhança da alegação (fumus boni iuris) e fundado receio de dano irreparável ou de difícil reparação (periculum in mora) ou abuso de direito de defesa / manifesto propósito protelatório do réu, que não se encontram mais presentes.O periculum in mora no presente feito está na continuidade da medida de suspensão do processo eleitoral.Entendo, portanto, serem relevantes os fundamentos do pedido de reconsideração, motivo pelo qual revejo a decisão às fls. 89/91 para suspender a tutela concedida de forma antecipada.Publique-se. Juiz do Trabalho SANDRA NARA BERNARDO SILVA

saiba mais

Suspensão do Processo Eleitoral – Primeira Hora 19/02/2013

“Eleições do CA — O processo para eleição do representante dos empregados no Conselho de Administração dos Correios continua suspenso por decisão judicial. A liminar expedida pela justiça não anulou o processo, mas apenas impediu a realização do segundo turno na data planejada.

Os Correios vêm adotando todas as providências necessárias, por intermédio da sua área jurídica, para obter a reversão da decisão liminar e com isso dar continuidade ao processo eleitoral. A empresa tem envidado todos os esforços para dar continuidade às eleições, a fim de que os trabalhadores possam ter o seu representante escolhido, democraticamente, no Conselho de Administração.”

saiba mais

Suspensão do processo eleitoral – posição da ECT

Eleição do CA — Por força de liminar expedida pelo Tribunal Regional do Trabalho – 10ª Região, de Brasília, está suspenso, até decisão em contrário, o 2° turno da eleição para o representante dos empregados no Conselho de Administração da empresa. Esta etapa do processo eleitoral seria realizada no período de 7 a 15 de janeiro.

Apesar de a Fentect ter participado de toda a elaboração do edital da eleição, bem como da sua realização no 1º turno, sempre em comissão paritária, ou seja, comissão formada por representantes da ECT e da federação, a própria Fentect entrou com a ação contra o processo eleitoral. Os Correios, em nome de todos os trabalhadores, lamentam a posição da Fentect de tentar impugnar o processo de eleição de um trabalhador para o Conselho de Administração da ECT. Com esta atitude, a federação interrompe o processo eleitoral, enquanto outras estatais já elegeram há algum tempo os seus representantes nos respectivos Conselhos.

O pleito foi amplamente divulgado nos canais de comunicação interna da empresa, onde todos os empregados tiveram a oportunidade de exercer o seu direito democrático do voto.

Os Correios não medirão esforços para eleger o representante dos empregados no Conselho de Administração, com a lisura e transparência que o processo exige, contando sempre com a participação dos trabalhadores. A empresa vai recorrer da decisão, e continuará divulgando as informações sobre o processo.

(Primeira Hora, 04/01/2013)

saiba mais

Suspensão do processo eleitoral – Comunicado nº 13 da Comissão Eleitoral

COMUNICADO 13
SUPENSÃO DO PROCESSO ELEITORAL

Por força de liminar expedida pelo Tribunal Regional do Trabalho -10ª Região, de Brasília, está suspenso, até decisão em contrário, o 2° turno da eleição para o representante dos empregados no Conselho de Administração da empresa. Esta etapa do processo eleitoral seria realizada no período de 7 a 15 de janeiro.

A área jurídica da empresa vem tomando as providências necessárias no âmbito do poder judiciário e, havendo alterações dessa decisão, a Comissão Eleitoral estará comunicando a todos.

A Comissão Eleitoral solicita aos empregados que já receberam ou que vierem a receber a nova senha de votação, que mantenham a mesma sob sua guarda para posterior uso no processo eleitoral caso a decisão judicial seja alterada.

Coordenador Comissão Eleitoral
Brasília, 04 de janeiro de 2013

saiba mais

Segundo Turno

Segundo Turno

– Período
A votação para o 2º turno ocorrerá no período de 07 a 15 de janeiro de 2.013.

– Candidatos
No segundo turno, concorrerão apenas duas chapas, uma das quais é:
chapa nº 3 – UNIÃO PARA FAZER ACONTECER.

– Senhas – envio
Os eleitores receberão uma nova senha para o 2º turno, já que vários eleitores descartaram a carta recebida no 1º turno por não terem percebido que poderiam precisar dela mais à frente. As novas senhas deverão ter apenas números e não mais letras e números, para facilitar a votação.

– Senhas – recuperação
Os eleitores que porventura não receberem com antecedência as respectivas senhas poderão recuperá-las por meio do próprio site das eleições.

– Site das eleições
O endereço do site das eleições é http://eleicoesca.postalis.org.br/eleicoesca . Até as eleições, o site traz todas as informações a respeito do assunto, e, durante as eleições, permitirá também o registro dos votos e o acompanhamento das votações por DR, por meio do votômetro.

– Eleitores em férias
Os eleitores em férias poderão votar normalmente pela internet.
– Se o eleitor já tiver recebido a senha, bastará acessar o site e votar.
– Se o eleitor não tiver recebido a senha, por estar viajando, por exemplo, poderá acessar o site, recuperar sua senha e votar.

– Voto
O voto é secreto, individual e indelegável. Ninguém e nenhuma entidade pode votar por qualquer eleitor.

– Dúvidas e Sugestões
Caso a dúvida do eleitor não esteja contemplada nas informações anteriores ou o eleitor queira enviar alguma sugestão ao candidato da chapa nº 3, pode fazê-lo bastando acessar a área Fale Conosco do blog.

saiba mais

Entrevista

EntrevistaChapa nº 3 – União para Fazer Acontecer
Marcos César Alves Silva e Carlos Alberto de Souza Barbosa

1. Fale sobre sua vida profissional nos Correios.
Marcos César é Analista de Correios Sênior e Carlos Barbosa é Agente de Correios – Carteiro. Ambos não são políticos nem líderes sindicais; são trabalhadores que colocam sua experiência à disposição dos colegas, para representá-los no Conselho. Marcos César cursou a ESAP, de 1979 a 1981, depois do que atuou em diversas áreas da empresa, em DRs e na AC – administração, operações e comercial – em posições de liderança como Chefia de Seção, Gerência Regional, Chefe de Departamento e Assessoria Executiva da Área Comercial. Atualmente, é pesquisador no Departamento de Inovação Empresarial, em Brasília/DF e integra o Comitê de Qualidade, tendo também integrado equipes que atuaram no desenvolvimento da Lei nº 12.490/11, do novo estatuto, das Portarias 566 (universalização do atendimento e da entrega) e 567 (entrega postal) e do atual Planejamento Estratégico. Barbosa é formado em Administração de Empresas pela Faculdade Estácio de Sá e pós-graduado em Administração da Qualidade. Ingressou na ECT em 1986 e exerceu diversas funções, como Supervisor Operações de CDD, Gerente de CDD. Atualmente é Gerente de Atividades Externas de UT Tipo IV, tendo coordenado projetos importantes na DR/RJ, como o do SD e do 1º e 2º ENEM.

2. Por que você quer ser o representante dos empregados no Conselho de Administração?

Queremos representar o conjunto dos trabalhadores da Empresa e não apenas uma parte deles. Isso implica conhecer desde as atividades operacionais até as atividades estratégicas e a chapa UNIÃO PARA FAZER ACONTECER possui integrantes com esse conhecimento. As propostas da chapa são: melhoria das condições de trabalho; profissionalização dos empregados; mais investimentos; acompanhamento constante da gestão da Diretoria; mais inovação com novas tecnologias para expansão dos negócios e canal permanente de contato entre os empregados e o conselheiro. Assim, esperamos levar os demais membros do Conselho a decidirem levando em conta a cultura, os valores e as expectativas dos empregados. Em nosso blog, em http://parafazeracontecer.com.br, detalhamos nossa proposta de atuação.

3. Como você vê o momento atual da empresa e as suas perspectivas de futuro?
Vemos a Empresa num momento rico de oportunidades, abertas com o desenvolvimento significativo de alguns segmentos de negócios, como os ligados ao comércio eletrônico, e a edição de legislação favorável ao desenvolvimento da ECT – a Lei nº 12.490/11. Por outro lado, a perspectiva de substituição da comunicação física pela eletrônica traz um grande desafio, já que o maior negócio da empresa se concentra ainda nos serviços dessa família de negócios – FAC, carta e mala direta. Será necessário inovar e diversificar os negócios para manter ou até melhorar os atuais resultados econômicos da Empresa. E, no que se refere a infraestrutura, temos muito que fazer em termos de ampliação e de modernização de nossos prédios e equipamentos de tratamento automático, para colocar a empresa em pé de igualdade com os grandes operadores postais do mundo, que estão fazendo isso sistematicamente há muito tempo. No Conselho cobraremos velocidade nas decisões e ações da ECT. É preciso, de fato, FAZER ACONTECER! E rápido!

4. Dentre as decisões do Conselho em 2012, qual você achou mais relevante e por quê?
Em 2012, a decisão que nos pareceu mais relevante, pelo impacto positivo que trará para as atividades operacionais, foi a aprovação prévia das ações relacionadas à atualização tecnológica e expansão da automação de triagem, envolvendo dezenas de máquinas e equipamentos. Isso vai facilitar muito os trabalhos de nossos colegas em diversas unidades operacionais.

saiba mais

Gestão eficiente!

Gestão técnica, com decisões do Conselho de Administração tomadas e implantadas com rapidez, objetividade e sempre com foco na sustentabilidade da Empresa

A Empresa foi criada para oferecer um serviço postal adequado às necessidades dos brasileiros. O legado de recursos e de experiências acumulado nos 350 anos do serviço postal brasileiro é um patrimônio de todos os brasileiros e que precisa ser bem preservado. Assim, a gestão da Empresa deve se pautar sempre por ações que visem à sustentabilidade da organização, levando em conta que os compromissos sociais de universalização do atendimento e da distribuição demandam recursos a serem buscados na exploração de outras atividades em ambiente competitivo.

Para termos bons empregos e segurança neles, precisamos que nossos dirigentes tomem decisões sempre com rapidez, para que os problemas existentes sejam efetivamente enfrentados e resolvidos com objetividade. Dessa forma, as soluções devem atender as necessidades dos clientes e os anseios dos empregados .

A atuação do Conselho de Administração dos Correios deve utilizar a melhor técnica e nunca estar submetida às ingerências políticas, partidárias ou de outra ordem, que podem afastar a Empresa dos melhores resultados.

O principal compromisso dos dirigentes deve ser sempre com a ECT e o nosso compromisso será sempre esse!

saiba mais

Por que eu voto na chapa UNIÃO PARA FAZER ACONTECER, de Marcos César e Carlos Barbosa

TestemunhoA grande maioria dos ecetistas não conhece pessoalmente os candidatos inscritos na eleição que escolherá o primeiro representante dos empregados para o Conselho de Administração da Empresa.

Para votar, os colegas terão que se valer das informações que encontrarem na intranet a respeito das chapas e de informações que consigam obter de outros colegas que conheçam os candidatos. E, como nenhuma outra informação sobre um candidato é mais relevante que o testemunho de quem o conhece pessoalmente e/ou já trabalhou com ele em alguma oportunidade, o convidamos a deixar aqui, em forma de comentário, suas observações a respeito das razões que o levam a escolher a chapa UNIÃO PARA FAZER ACONTECER, bem como sobre como é trabalhar com Marcos César ou Carlos Barbosa.

 

saiba mais

Inovação para melhoria do trabalho

Com relação aos processos, tecnologias, instalações e equipamentos, atuaremos para ver a vida dos empregados facilitada no seu dia-a-dia. Em breve, poderemos ter todos os carteiros, devidamente, equipados com aparelhos de comunicação fornecidos pela Empresa, o geoprocessamento sendo aplicado, de forma natural e ampla em toda a Empresa, a rede de dados, que possibilita o funcionamento de sistemas fundamentais como o Banco postal, funcionando de modo estável e sem interrupções e o desenvolvimento de novos sistemas sendo feitos de forma rápida e efetiva.

Acreditamos, firmemente, que o desenvolvimento de novos equipamentos operacionais deva merecer um destaque especial nas ações da Empresa, que deve considerar a questão da sustentabilidade ambiental como fator preponderante em suas inovações. Os Correios podem fazer isso a partir de parcerias institucionais com os órgãos do Governo Federal encarregados de incentivar a inovação, universidades e a iniciativa privada. Uma ação conjunta poderá melhorar cada vez mais o desempenho e a efetividade desses recursos.

Atuaremos, permanentemente, atentos à importância da inovação para o atendimento dos requisitos dos nossos clientes e para as necessidades dos empregados.

saiba mais

Inovação não pode faltar!

InovaçãoInovação – em negócios, processos, tecnologias, instalações e equipamentos – para tornar os Correios mais competitivos, atender as necessidades dos clientes e facilitar a vida dos empregados.

No mundo inteiro, as empresas postais se defrontam com o grande desafio de reinventar seu negócio para se continuarem equilibradas economicamente, já que os volumes de correspondência física tradicional têm diminuído. No Brasil, graças, especialmente, à situação da economia e ao movimento de inclusão social promovido nos últimos anos, a curva de demanda de cartas ainda é positiva, mas, como já aconteceu em outros países, também deverá sofrer uma desaceleração.

Nesse contexto, o desenvolvimento e lançamento de novos serviços, incorporando novas tecnologias e rentabilizando a infraestrutura já existente, são vitais para manter a Empresa equilibrada e relevante para seus clientes. Comunicação digital, serviços de telefonia, novos produtos e serviços que sejam oferecidos nas agências em parceria com outros órgãos e empresas são algumas das possibilidades a serem exploradas.

É importante não descuidar do segmento de encomendas. Para tanto, é necessário, que tenhamos nossos Centros de Tratamento de Encomendas devidamente equipados e instalados. Vamos defender o Projeto da Nova Rede de Tratamento e, principalmente, a aquisição e instalação de modernos sistemas de tratamento mecanizado, bem como a construção de prédios compatíveis.

No Conselho, atuaremos de modo decisivo. Com muita atenção, cobraremos a direção da ECT se as inovações não ocorrerem continuamente.

saiba mais

Investimentos com focos no desenvolvimento da Empresa e na melhoria das condições de trabalho

A Empresa tem aplicado nos últimos anos apenas uma fração do que dispõe como orçamento para investimentos, inclusive com valores inferiores à depreciação dos seus ativos, ou seja, a Empresa está envelhecendo e não está se renovando tecnologicamente. No caso dos Correios, isso não decorre da falta de orçamento, de capacidade financeira e tão pouco de crédito, mas sim da falta de projetos relevantes e da excessiva preocupação com as ações de controle interno e externo. Esse quadro precisa ser revertido urgentemente!

Por um lado, não é possível conviver com enormes sobras orçamentárias. Entretanto, por outro, unidades operacionais precisam de reformas ou até de realocação, em função do crescimento da carga de trabalho. Falta de equipamentos ou equipamentos ultrapassados é uma constante nas diversas Diretorias Regionais. Vamos mudar essa realidade!

No Conselho, cobraremos da direção da ECT a execução de ações efetivas para ampliar o desenvolvimento de projetos e incrementar, substancialmente, o percentual realizado do orçamento de investimentos.

Só assim, poderemos alcançar o objetivo de ser uma empresa de classe mundial!

saiba mais